AES Tietê exalta técnica de semeadura direta de árvores nativas em São Paulo

 Instituto Socioambiental demonstrou a aplicação da técnica “muvuca” a convidados e parceiros da empresa


Em busca de variadas opções para promover o reflorestamento, a AES Tietê realiza parceria com o Instituto Socioambiental (ISA), a equipe de pesquisa da UFSCar de Sorocaba e a CEIBA Consultoria Ambiental para adaptar uma técnica de semeadura direta, até então pouco difundida no Estado de São Paulo, a “muvuca”.


O método consiste em uma mistura de várias sementes, espécies e tipos de crescimento. As plantas que crescem primeiro fornecem sombra às demais, que demoram mais para desenvolver e, ao terminarem seu ciclo, se decompõem, ajudando na fertilização da terra, entre diversos processos de ajuda mútua entre as espécies plantadas, com o objetivo de reflorestar. O representante do ISA, Eduardo Malta Campo Filho, explica a eficiência dela para diferentes públicos. “Esse método, que chamamos de ‘muvuca’, adapta-se facilmente a diferentes contextos. O pequeno proprietário rural planta um punhado dessa mistura de sementes de árvores junto com a mandioca, por exemplo. Depois que ele colhe a mandioca, ficam as árvores. Assim, ele consegue reflorestar e aproveitar o solo para tirar algum benefício logo no início. O grande proprietário pode usar a mesma máquina que tem para plantar soja ou milho para plantar sementes de árvores nativas”, explica.


Segundo Emerson Viveiros, engenheiro de meio ambiente da AES Tietê, o método ainda está sendo testado por aqui. “A AES Tietê está unida a vários parceiros, como o ISA, UFSCAR e CEIBA e, juntos, vamos implementar a semeadura em nossas áreas, aperfeiçoar, caso seja necessário, e retransmitir o método aos restauradores da região. Em um segundo momento, por meio do Programa Mãos na Mata, também conseguiremos levar a semeadura a diversos produtores rurais”, comenta.


Ao final de 2018, a empresa promoveu um encontro entre representantes de diferentes organizações, grupos e entidades em uma área de preservação permanente da AES Tietê, localizada na zona rural do município de Anhembi, para trocar experiências, aplicar e conhecer o método de semeadura direta. Estiveram presentes os representantes da AES Tietê Odemberg Veronez, Emerson Viveiros, Alexandre Astorino e Rafael Paranhos, alguns produtores rurais e os integrantes da ONG Iniciativa Verde, do Pacto pela Restauração da Mata Atlântica, da ONG We Forest e do grupo de pesquisa da Unesp Botucatu, que também são parceiros da AES Tietê, além de quilombolas que trabalham na Rede de Sementes do Vale do Ribeira, de onde vieram partes das sementes utilizadas na demonstração do processo.


Após o plantio ocorrido nessa área, o crescimento das sementes começou a ser monitorado e estudado por uma equipe da UFSCar de Sorocaba, parceira da AES Tietê. “Nos próximos dois anos, vamos coletar dados de tudo o que foi implementado nesta área. O modelo da ‘muvuca’ é bem diferente do habitual plantio de mudas, já tradicional em áreas ao redor de reservatórios. Como o modelo é novo nesta área, começamos a estudar algumas operações para otimizá-lo”, esclarece José Mauro Santana da Silva, professor da universidade.


Todo o evento contou ainda com o apoio da equipe da CEIBA Consultoria Ambiental, também parceira da AES Tietê. “A ‘muvuca’ é uma técnica de menor custo, o que ajuda a ganhar escala. Há também toda uma questão de valor, que traz o conhecimento de índios e agricultores, que não tinham a cultura de plantar mudas, e orienta produtores rurais a reflorestar utilizando grande parte do equipamento que já possuem”, ressalta Paulo César Souza Filho, sócio-diretor da consultoria.


As sementes utilizadas durante a demonstração foram colhidas na Rede de Sementes do Vale do Ribeira com a presença de alguns coletores. “Acho muito importante participar. Nunca vi plantar com trator, então foi uma experiência nova”, comenta Ana Maria de Almeida Dias Marinho, coletora do Quilombo Nhunguara. O representante do ISA, Juliano Silva do Nascimento, explica a importância dos quilombolas no evento. “Faz todo sentido a presença dos coletores neste evento. Assim, eles veem para onde estão indo as sementes que coletam, entendendo toda a cadeia do trabalho”, comenta. Juliano também diz que a Rede de Sementes do Vale do Ribeira trouxe benefícios. “A implantação da coleta de sementes acaba valorizando tanto o conhecimento tradicional sobre o uso da mata quanto o território, além de gerar uma renda extra para seus moradores”, explica.


A reação geral dos presentes foi de aprovação à metodologia. Ludmila Pugliese, representante do Pacto pela Restauração da Mata Atlântica, movimento que reúne 270 instituições da cadeia de restauração florestal, ressaltou a relevância do evento. “Tomarmos conhecimento dessas novas tecnologias e metodologias é muito importante para trazermos essas inovações para o movimento. Além disso, incluir as populações e comunidades tradicionais nesse processo, fazendo a divisão dos benefícios da restauração com eles, também é de extrema importância”, comenta. Já para Ricardo Gomes César, da ONG belga We Forest, que faz restaurações de paisagens florestais em quatro países, a ‘muvuca’ traz pluralidade e pode até revolucionar. “É uma técnica que reúne pessoas de diferentes setores, o que é importante, e muito promissora para mudar a restauração no sudeste brasileiro, levando em conta a questão de custo tanto na implantação quanto na manutenção”, explica. Outro participante, Pedro Barral, da ONG Iniciativa Verde, que trabalha com recuperação e restauração florestal já vê a aplicabilidade do método em seus trabalhos. “Ultimamente, temos percebido que o leque de terapias resultantes de diagnósticos socioambientais em áreas para reflorestamento tem aumentado, e enxergo a ‘muvuca’ como uma nova terapia que podemos propor para uma área que esteja degradada e precise de algum tipo de intervenção”, comenta.


Para Odemberg Veronez, coordenador de condicionantes de licenciamentos da AES Tietê, a aproximação dos parceiros em eventos como esse e o compartilhamento dessas novas metodologias faz toda a diferença. “Mais que apenas repassar uma nova técnica de semeadura direta, essa reunião foi uma rica troca de experiência entre diferentes pessoas, organizações, grupos, todos com o mesmo objetivo, que é a restauração florestal. Estamos muito felizes com a implementação da ‘muvuca’ e com a participação de todos durante essa execução”, conclui.


AES Tietê

A AES Tietê é uma plataforma integrada de energia adaptável às demandas dos seus clientes. Sua atuação vai desde a comercialização da energia gerada por suas usinas até o desenvolvimento de soluções customizadas em energia renovável.


Como parte de sua estratégia de expansão e diversificação da matriz, de, até 2020, compor 50% de seu EBITDA com fontes não hidráulicas com contratos de compra e venda de longo prazo, a empresa anunciou quatro investimentos em 2017: Complexo Eólico Alto Sertão II (386MW), Complexo Solar Boa Hora (91 MWp), Complexo Solar Guaimbê (180MWp) e Solar Água Vermelha (94 MWp),


A AES Tietê está entre as maiores companhias de geração do Brasil, atuando no país há quase 20 anos. Seu parque hidráulico é composto por 9 usinas e 3 pequenas centrais hidrelétricas, localizadas no Estado de São Paulo. Todas elas somam 2.658MW de capacidade instalada e 1.278 de garantia física, com concessão válida até 2029. O Centro de Operações de Geração de Energia (COGE) da companhia, localizado em Bauru (SP), é o mais tecnológico do país. Nele, é realizado o gerenciamento centralizado das usinas hidrelétricas e eclusas administradas pela empresa.



Release

10/01/2019 - AES Tietê exalta técnica de semeadura direta de árvores nativas em São Paulo
09/01/2019 - Parceria da ONG Instituto Pró-Carnívoros com AES Tietê encerra o ano com sete an
11/12/2018 - Nova data para teste de comportas em Mogi Guaçu
04/12/2018 - Teste de comportas em Mogi Guaçu
04/12/2018 - Museu da Pessoa promove projeto que conta a história dos moradores de Ouroeste
29/11/2018 - AES Tietê alerta sobre a importância da proibição da pesca durante a Piracema
28/11/2018 - AES Tietê realiza Dia de Campo em Anhembi
28/11/2018 - São José do Rio Pardo ganha publicação com histórias de moradores
28/11/2018 - Alunos de escolas públicas apresentam projetos de empreendedorismo voltados para
21/11/2018 - Ouroeste receberá Projeto Cine na Praça Itinerante na próxima semana
21/11/2018 - Sabino e Pirajuí recebem terceira ação educativa em meio ambiente
19/11/2018 - Macatuba, Reginópolis e Bariri recebem terceira ação educativa em meio ambiente
02/10/2018 - Projeto Pulsar desenvolve empreendedorismo jovem no interior de São Paulo
26/09/2018 - AES Tietê comemora 60 anos da usina de Limoeiro
26/09/2018 - Ações do Geração+ ressaltam fauna e flora em Ibitinga e Barra Bonita
26/09/2018 - Guri na Estrada chega a Macedônia, Guarani D’Oeste e Iturama
17/09/2018 - AES Tietê prorroga inscrições para incentivo a projetos sociais
12/09/2018 - Projeto de monitoramento devolve onça-parda para a natureza na região de Ibiting
06/09/2018 - AES Tietê finaliza modernização da usina de Água Vermelha
06/09/2018 - Últimos dias para inscrições para incentivo a projetos sociais
30/08/2018 - Projeto de monitoramento devolve onça-parda à natureza na região de Botucatu
28/08/2018 - AES Tietê apresenta sua solução de Energy Storage
24/08/2018 - Projeto cultural registra histórias dos moradores de Ouroeste
24/08/2018 - Projeto cultural registra histórias dos moradores de São José do Rio Pardo
23/08/2018 - AES Tietê promoveu ‘Dia de Campo’ sobre restauração ecológica
23/08/2018 - Mais de 50 jovens participam do projeto ‘Vida de Criança’
23/08/2018 - AES Tietê promove recuperação de nascentes com crianças de Lins
20/08/2018 - AES Tietê abre inscrições para incentivo à projetos sociais
20/08/2018 - Mãos na Mata recebe visita de parceiros
16/08/2018 - Ações Educativas retornam a Indiaporã, Ouroeste, Cardoso e Riolândia
15/08/2018 - ‘Geração+’: formatura de novos professores
15/08/2018 - Projeto Plantando Águas está com inscrições abertas
14/08/2018 - Início dos testes das comportas para o período chuvoso em Barra Bonita
10/08/2018 - AES Tietê leva projeto Vida de Criança para a Semana Euclidiana
09/08/2018 - Escola do ‘Geração+’ utiliza alimentos cultivados pelos participantes
09/08/2018 - AES Tietê realiza workshop sobre restauração ecológica em Botelhos
09/08/2018 - Ações Educativas Meio Ambiente chegam a Pongaí, Pirajuí, Reginópolis e Macatuba
08/08/2018 - Bariri e Pederneiras receberam Ações Educativas em Meio Ambiente
06/08/2018 - AES Tietê leva Ações Educativas em Meio Ambiente
01/08/2018 - AES Tietê promove projeto inédito de monitoramento de lobos-guarás
31/07/2018 - AES Tietê inicia projeto Impulso Empreendedor em Promissão
26/07/2018 - Meio ambiente é tema de ações educativas promovidas pela AES Tietê
04/07/2018 - Início dos testes das comportas para o período chuvoso em Nova Avanhandava
04/07/2018 - AES Tietê realiza inspeções subaquáticas com tecnologia própria
27/06/2018 - Início dos testes das comportas para o período chuvoso em Promissão
27/06/2018 - AES Tietê abre inscrições para segunda chamada de aceleração de startups
26/06/2018 - "Geração+" lança site sobre educação ambiental
22/06/2018 - "Geração+" inspira alunos a terem uma vida mais saudável
22/06/2018 - Ibitinga receberá palestra sobre o projeto com onças-pardas
13/06/2018 - Início dos testes das comportas para o período chuvoso em Água Vermelha
13/06/2018 - Início dos testes das comportas para o período chuvoso em Ibitinga
11/06/2018 - AES Tietê participa da Feira da Sustentabilidade McDonald’s
08/06/2018 - Início dos testes das comportas para o período chuvoso
06/06/2018 - AES Tietê participa da Semana do Meio Ambiente de Iacanga
30/05/2018 - Curso sobre poda de árvores em Lins
22/05/2018 - Meio ambiente é tema de ações educativas promovidas pela AES Tietê
10/05/2018 - AES Tietê repovoa 60 mil alevinos em Mineiros do Tietê
10/05/2018 - Inauguração do projeto "O Palco" em Bauru e Ibitinga
09/05/2018 - AES Tietê repovoa mais 60 mil alevinos em Itapagipe
02/05/2018 - ‘Geração+’ entrega composteiras em escolas de Caconde
02/05/2018 - ‘Geração+’ entrega composteiras em escolas em Ibitinga
02/05/2018 - ‘Geração+’ entrega composteiras em escolas em Barra Bonita
25/04/2018 - AES Tietê repovoa 70 mil alevinos em Macatuba
24/04/2018 - AES Tietê repovoa 37 mil alevinos em Mendonça
23/04/2018 - AES Tietê repovoa 70 mil alevinos em Itapagipe
19/04/2018 - AES Tietê repovoa 70 mil alevinos em Arealva
16/04/2018 - AES Tietê repovoa 70 mil alevinos em Ubarana
06/04/2018 - Primeiros encontros do Geração+ em Ibitinga e Barra Bonita



Clipping

14/09/2017 - Santa Cecília terá plantio e diversão - Jornal da Cidade - Bauru
23/02/2016 - Dengue deixa déficit no banco de sangue em Ribeirão Preto - A Cidade
10/02/2016 - Banco de sangue está com estoque baixo (PODCAST) - CBN Ribeirão


Entre em contato conosco

16 2111 7200
11 3014 3090
Rua Clemente Ferreira, 595
Ribeirão Preto - São Paulo


fonte@fonte.com.br




Voltar ao Topo

www.industriadesite.com.br